Renan decide na última hora enviar a sanção reajuste para MPF

Renan decide na última hora enviar a sanção reajuste para MPF

-

Luiza Pollo

01 de julho de 2016 | 05h45

BRASILIA/DF 09-05-2016 NACIONAL RENAN CALHEIROS PRESIDENTE DO SENADO RENAN CALHEIROS PRESIDE SESSAO QUE VAI DECIDIR SOBRE A CONTINUACAO DO PROCESSO DE IMPEACHMENT DA PRES.DILMA ROUSSEFF FOTO ANDRE DUSEK /ESTADAO

FOTO: ANDRE DUSEK /ESTADAO

Renan só decidiu enviar para sanção presidencial a lei que reajusta o salário dos servidores do MPF minutos antes de viajar ontem. Alegou que não iria usar o ato para se vingar do procurador-geral Rodrigo Janot por ter pedido sua prisão.

Se demorasse, ele poderia impedir que o reajuste já fosse aplicado sobre o salário de junho. Janot se recusou a pedir pressa a Renan. A pressão, nesses casos, é praxe.

Siga a Coluna do Estadão:
No Twitter: @colunadoestadao
No Facebook: www.facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

Bonzinho

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.