Renan atuou como ministro da Justiça na gestão FHC

Coluna do Estadão

15 Outubro 2016 | 18h00

Foto: Ed Ferreira/Estadão

Presidente do Senado, Renan Calheiros. Foto: Ed Ferreira/Estadão

Investigadores da Operação Lava Jato contestam uma possível nomeação do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), para o Ministério da Justiça. Entre os cotados para substituir Alexandre de Moraes, aparecem também o ministro aposentado Cezar Peluso e o presidente da AMB, Nelson Calandra. Renan atuou como ministro da Justiça do ex-presidente tucano Fernando Henrique Cardoso, de abril de 1998 a junho de 1999. (Naira Trindade)