Reforma trabalhista terá quarentena de 120 dias após sanção de Temer

Reforma trabalhista terá quarentena de 120 dias após sanção de Temer

.

Luiza Pollo

27 de abril de 2017 | 06h45

Foto: André Dusek/Estadão

Se aprovadas na Câmara e Senado, as mudanças nas leis trabalhistas vão ter quarentena de 120 dias após a sanção do presidente Michel Temer.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

reforma trabalhista

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.