Redução de violência faz Correios retirarem taxa extra para entrega no Rio

Andreza Matais

22 de outubro de 2018 | 16h46

Os Correios não vão mais cobrar taxa extra para entrega de encomendas no Rio de Janeiro a partir do dia 16 de novembro. O presidente da empresa, Carlos Fortner, contou à Coluna que a decisão leva em conta a redução nos índices de violência no Estado devido às intervenção na segurança pública. “Importante mostrar que a ação do general Richard Nunes (secretário de Segurança do Rio) trouxe resultados efetivos. Graças a ele, os Correios podem parar de gastar com vigilância e escolta armada”, afirmou Fortner. A taxa de segurança, instituída em fevereiro, implicava na cobrança de R$ 3,00 a mais em cada correspondência.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.