Rede aciona Justiça para Bolsonaro devolver dinheiro gasto com parentes em helicóptero da FAB

Rede aciona Justiça para Bolsonaro devolver dinheiro gasto com parentes em helicóptero da FAB

Marianna Holanda

30 de julho de 2019 | 09h23

Jair Bolsonaro. FOTO: ALAN SANTOS/PR

A Rede entrou na Justiça e na PGR contra o governo, pela carona do presidente a seus parentes em helicóptero da FAB. Entre outras coisas, pede o ressarcimento do valor gasto com o translado da família Bolsonaro.

A ação popular, em nome do senador Randolfe Rodrigues (AP), pede que o presidente, Jair Bolsonaro, “e/ou” Augusto Heleno, ministro chefe do GSI, sejam condenados a ressarcir o valor gasto pela União no transporte.

O partido de oposição quer ainda saber quando e quantas vezes aeronaves da Força Aérea deram carona a familiares do presidente.

O episódio ganhou notoriedade na semana passada, quando o sobrinho do presidente, Osvaldo Bolsonaro, postou vídeo da família no helicóptero indo para o casamento de Eduardo, em Santa Tereza. Questionado, o presidente chamou a pergunta de “idiota” e depois disse não ver nada de errado com o transporte de seus familiares.

O decreto que regulamenta o uso de aeronaves da FAB autoriza a carona, caso haja uma autoridade no mesmo voo – e, ainda assim, prevê o ressarcimento.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: