Randolfe pede inclusão de Bolsonaro no inquérito de Aras

Randolfe pede inclusão de Bolsonaro no inquérito de Aras

Marianna Holanda

23 de abril de 2020 | 17h09

Foto: Gabriela Biló / Estadão

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) protocolou, nesta quinta-feira, 23, uma petição no Supremo Tribunal Federal, pedindo que Jair Bolsonaro seja incluído no inquérito de atos antidemocráticos.

O líder da minoria no Senado pede que, se o presidente não for incluido nas apurações, que seja explicado o motivo, uma vez que Bolsonaro participou de ato no último domingo, em frente ao Quartel General do Exército.

O ministro Alexandre de Moraes determinou abertura da investigação, solicitada por Augusto Aras, nesta semana. O presidente não é alvo da investigação: deputados são.

“(…) Solicitamos a Vossa Excelência, na qualidade Relator do Inquérito cuja abertura foi solicitada pela PGR, oficie ao referido órgão acusador para aditar o pedido, incluindo o Presidente da República no escopo da investigação do referido Inquérito, ou esclarecer, com a motivação jurídica razoável e suficiente, o porquê de sua não inclusão nas investigações, já que sua presença no ambiente é inegável”, conclui o documento.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: