PT suavizou nota em defesa de Gleisi Hoffmann

.

Coluna do Estadão

28 de agosto de 2016 | 08h15

?????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????

O PT suavizou a nota de solidariedade à senadora Gleisi Hoffmann (PR) divulgada após  Renan Calheiros (PMDB-AL) dizer que atuou para desfazer seu indiciamento no Supremo Tribunal Federal (STF). O texto inicial dizia que o desequilíbrio e o destempero verbal não são próprios de um presidente de poder, mas a versão final se limita a negar a acusação. Alguns senadores ponderaram que não seria conveniente azedar ainda mais o clima, às vésperas da ida de Dilma Rousseff ao plenário do Senado.

Renan, contudo, já decidiu colocar o partido na geladeira, mesmo que publicamente negue qualquer movimento nesse sentido.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.