PT cria ‘Time do Lula’ para enfrentar Bolsonaro nas redes sociais

PT cria ‘Time do Lula’ para enfrentar Bolsonaro nas redes sociais

Mariana Carneiro, Julia Lindner e Gustavo Côrtes

15 de julho de 2022 | 05h01

A campanha de Lula reuniu mais de 150 pessoas anteontem, em Brasília, para alinhar a estratégia de comunicação com partidos aliados, como PSB, PCdoB, PV e Solidariedade. Para enfrentar Jair Bolsonaro nas redes sociais, ambiente onde o presidente tem vantagem, os petistas vão criar o que batizaram de “Time do Lula”. A ideia é que as campanhas de todos os candidatos do PT e dos partidos aliados trabalhem de maneira coordenada para ajudar no espraiamento da propaganda petista, compartilhando conteúdos de forma simultânea e massificando a mensagem de Lula. O esforço visa a fazer frente ao exército bolsonarista que já atua com desenvoltura na redes e faz com que o presidente dite o que é discutido na internet.

Foto: André Dusek/Estadão.

CORRIDA. Os petistas recomendaram ainda que os candidatos impulsionem publicações nas redes. O marqueteiro Sidônio Palmeira pediu agilidade nas postagens e citou que, apesar da vantagem obtida com o post de Anitta em apoio a Lula, a campanha de Bolsonaro foi mais ágil em reproduzir críticas à cantora.

COLORIDO. A marca “Time do Lula” foi apresentada em diferentes cores: vermelha, símbolo do PT, mas também azul, verde e amarela.

Sinais Particulares, por Kleber Sales. Luiz Inácio Lula da Silva, presidenciável do PT

PRONTO, FALEI! Nelsinho Trad, senador (PSD-MS)

“Ninguém quer ver se repetir o que encaramos em 2020 no Pantanal. Os focos de incêndio já são 14,5% maiores em relação a 2021. É realidade, não ficção.”

CLICK. Rodrigo Pacheco, presidente do Senado (PSD-MG)

Foto: Wilton Junior/ ESTADÃO

Um dia depois de se reunir com Lula, o presidente do Senado esteve com Jair Bolsonaro no ato de promulgação da PEC Kamikaze no Congresso.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.