PSDB luta por vitórias estratégicas em SP e BH

PSDB luta por vitórias estratégicas em SP e BH

­

Coluna do Estadão

25 de setembro de 2016 | 05h00

Ilustração: Kleber Sales

Ilustração: Kleber Sales

Na reta final do primeiro turno, o comando nacional do PSDB comemora a possibilidade de reconquistar o controle de prefeituras estratégicas como as de São Paulo e Belo Horizonte. Juntas, as duas cidades somam cerca de 10,2 milhões de eleitores. E, para os tucanos, a eventual vitória nessas capitais fortalecerá a campanha presidencial de 2018, prioridade absoluta do PSDB. Em São Paulo, João Doria está à frente de Celso Russomanno (PRB) e Marta Suplicy (PMDB), mas em situação de empate técnico. João Leite lidera em Belo Horizonte.

José Serra foi o último tucano a vencer em São Paulo, em 2004. Na capital mineira, a seca é mais longa. Pimenta da Veiga venceu em 1989.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

 

Tudo o que sabemos sobre:

Jejum

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.