PSDB do Senado faz almoço para fortalecer ministro da Justiça

Coluna do Estadão

18 de outubro de 2016 | 13h01

O Ministro da Justiça, Alexandre de Moraes. Foto: Jf Diório/Estadão

O Ministro da Justiça, Alexandre de Moraes. Foto: Jf Diório/Estadão

 

O PSDB no Senado convidou o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, para um almoço nesta terça-feira, no gabinete do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE). Seria um encontro entre colegas de partido, não fosse a intenção. Os tucanos querem demonstrar apoio ao ministro que está fragilizado depois de se envolver em várias polêmicas, entre elas a de ter vazado uma fase da Operação Lava Jato.

O convite partiu do líder do PSDB no Senado, Paulo Bauer (SC), e do líder do governo no Senado, Aloysio Nunes (SP).  A ideia é mostrar força política do ministro e blindá-lo de uma eventual queda. Tanto que o presidente do PSDB, senador Aécio Neves (MG), deve comparecer.

Na última semana, chegou-se a cogitar sua substituição pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), o que foi fortemente criticado pela Polícia Federal, a quem a pasta é subordinada. (Marcelo de Moraes e Andreza Matais)