PSB adia reunião que trataria alianças

PSB adia reunião que trataria alianças

Naira Trindade

25 de julho de 2018 | 12h59

O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, decidiu adiar a reunião do Diretório Nacional do partido que discutiria as alianças para a corrida presidencial. Dividida entre apoiar o PT, o PDT ou optar por neutralidade, a sigla quer mais tempo para definir os rumos.

Uma ala importante do PSB tende a se aliar ao presidenciável Ciro Gomes (PDT). Em campanha pela reeleição em São Paulo, o governador  Márcio França defende a neutralidade, enquanto o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, quer caminhar com PT. Contrário à independência, Carlos Siqueira tem dito a aliados que não é hora de “omissões” e que o PSB precisa definir “um lado”.

Leia mais em: Defesa de Lula já foi contra tese que pode salvá-lo

A Coluna mostrou hoje que o diretório de Pernambuco, temendo que a sigla se junte a Ciro, já fazia pressão para adiar as tratativas de alianças. A reunião estava marcada para o dia 30. Agora, o PSB estuda nova data mais próxima à convenção, que será no dia 5. (Naira Trindade)

Tendências: