Propaganda da reforma começa na Esplanada

Propaganda da reforma começa na Esplanada

Coluna do Estadão

04 de maio de 2019 | 05h00

Foto: Dida Sampaio/Estadão

O marco zero da nova campanha do governo federal pela aprovação da reforma da Previdência terá como alvo deputados, senadores e funcionários públicos de Brasília. Em linhas gerais, a ideia é começar a quebrar a resistência de quem tem algum poder sobre o destino da empreitada, seja com o poder de voto, no Congresso, ou de pressão, via sindicatos e associações classistas, como no caso do Judiciário e do Ministério Público. Para isso, prédios da Esplanada dos Ministérios terão empenas (mídias vistas nas laterais) com a propaganda da reforma

Pode perguntar. As mensagens nos painéis nos ministérios mostrarão as “verdades” sobre a Previdência. A ação de marketing foi aprovada pelo Iphan.

Reserve a data. O governo pretende fazer um grande ato de lançamento da fase mais agressiva da campanha (rádio, TV e demais mídias) pela reforma. A dificuldade, por enquanto, está em conciliar as agendas.

Como assim?. A bancada do MDB na Câmara foi surpreendida pela nota de sua direção relativa aos pontos dos quais o partido discorda na reforma da Previdência, especialmente na questão dos professores. Faltou Romero Jucá combinar com os deputados.

Como assim? 2.  Outra bancada que teve gente pega de surpresa com decisão de sua cúpula foi a do PRB. O líder do partido na Câmara, Jhonatan de Jesus, disse não saber da intenção, anunciada por Marcos Pereira ao Estado, de mudar o nome do partido.

SINAIS PARTICULARES

Marcos Pereira, presidente do PRB

Ilustração: Kleber Sales/Estadão

Copia e cola. Detalhamento feito pela Consultoria Legislativa da Câmara mostra que, das 541 emendas apresentadas à MP 870, que altera a estrutura da Esplanada, 409 são idênticas ou semelhantes a outras.

Suaves… A Advocacia-Geral da União vai recorrer da liminar do ministro Marco Aurélio Mello que derrubou a obrigação do governo do DF de devolver R$ 10 bilhões à União.

…prestações. Para rebater as alegações do governador Ibaneis Rocha de que haverá forte impacto nas contas, o ministro André Mendonça argumentará que os valores não precisarão ser pagos de uma vez.

‘Má oe’!. Na visita que Jair Bolsonaro fez ao SBT, Silvio Santos pediu que ele participasse do programa de entrevistas The Noite, comandado por Danilo Gentili. O presidente gostou e deu sinal verde.

Vem pra cá! Quem acompanhou a visita diz que foi grande a sinergia entre Silvio e o presidente.

De olho. Bolsonaro recebeu no Planalto o grupo que tenta recriar a conservadora UDN. A audiência ocorreu pouco depois de eles terem dado entrada com pedido formal no TSE.

CLICK. Ex-mulher de Bolsonaro, Rogéria comemorou seu aniversário numa pizzaria com o filho Carlos e amigos. “Obrigada por tudo Senhor”, escreveu em rede social.

Carlos Bolsonaro comemora aniversário da mãe em pizzaria. Foto: Reprodução/Instagram Rogéria Bolsonaro

Pesos… Chamou a atenção no PSDB-SP a diferença como as gestões tucanas de João Doria e Bruno Covas lidam com investigações envolvendo auxiliares.

…e medidas. Enquanto Gilberto Kassab e Aloysio Nunes Ferreira se afastaram do governo paulista, João Cury dá expediente na administração da capital.

Todas as tribos. O ministro Santos Cruz embarca na segunda-feira para se reunir com índios em São Gabriel da Cachoeira (AM), como parte do trabalho de coordenar a ação social.

BOMBOU NAS REDES!

Foto: Dida Sampaio/Estadão

Arthur Maia, deputado federal (DEM-BA), relator da reforma de Michel Temer: “Lamento percorrer o mesmo caminho, para chegar ao mesmo lugar, numa irracional perda de tempo em desfavor do Brasil”, sobre novo texto para Previdência.

COM REPORTAGEM DE ALBERTO BOMBIG, JULIANA BRAGA E MARIANNA HOLANDA

Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadao

Tendências: