Procurador da Lava Jato prevê que trabalho irá durar ‘meses ou anos’

Procurador da Lava Jato prevê que trabalho irá durar ‘meses ou anos’

.

Luiza Pollo

13 de abril de 2017 | 07h15

Foto: Facebook/Vladimir Aras

Foto: Facebook/Vladimir Aras

Membro do grupo de trabalho da Lava Jato, o procurador Vladimir Aras prevê que os inquéritos autorizados pelo ministro Edson Fachin serão “trabalho para meses ou anos”. E alfineta: “Ainda há autores que dizem ser “fácil” usar a técnica de colaboração premiada. A colaboração é muito trabalhosa”.

O próximo passo é comprovar as acusações dos delatores.  “As alegações dos colaboradores têm de ser confirmadas por outras fontes. Sem isso, não cabe condenação, segundo a lei. Sequer cabe denúncia”, completou Aras pelo Twitter.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

Vladimir Aras

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.