Primeiro senador gay assumirá vaga em Conselho Nacional de Direitos Humanos

Primeiro senador gay assumirá vaga em Conselho Nacional de Direitos Humanos

Marianna Holanda

12 de fevereiro de 2020 | 21h16

Fabiano Contarato. FOTO: GABRIEL LORDELLO/ESTADÃO

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, indicou nesta quarta-feira, 12, o senador Fabiano Contarato (Rede-ES) para uma das duas vagas do Conselho Nacional de Direitos Humanos, ligado ao ministério de Damares Alves.

O parlamentar é o primeiro senador gay assumido da história da Casa. A segunda vaga do Senado no colegiado ainda não tem indicação.

“No momento em que o Executivo reduz a participação da sociedade civil nos conselhos, criminaliza ONGS, é muito importante atuar nos direitos humanos. Conquistar direitos é difícil, mas perder é fácil”, disse o senador.

O conselho, que é independente e tem vagas dos Três Poderes e da sociedade civil, foi alvo de uma polêmica no ano passado, quando o procurador-geral Augusto Aras destituiu a procuradora federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), Déborah Duprat, da vaga da PGR no conselho e colocou a si mesmo.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.