Primeira na lista tríplice, delegada fala em fralda para políticos

Primeira na lista tríplice, delegada fala em fralda para políticos

-

Luiza Pollo

02 de junho de 2016 | 05h15

Erika Marena. Foto: Rodolfo Buhrer/Reuters

Erika Marena. Foto: Rodolfo Buhrer/Reuters

A delegada Erika Marena, nome que a associação dos delegados tenta emplacar para o comando da Polícia Federal, é a mesma que já escreveu no Facebook que a delação de Paulo Roberto Costa faria “disparar venda de fraldas em Brasília”.

A delegada, que integra a Lava Jato, foi uma das autoras da ação que levou a Justiça do Paraná a mandar retirar do blog de um jornalista textos com críticas à operação. Censura condenada pela ABI.

Siga a Coluna do Estadão:
No Twitter: @colunadoestadao
No Facebook: www.facebook.com/colunadoestadao

Tendências: