Presidente do TCU quer reajustar salários dos servidores do órgão em 13,5%

Presidente do TCU quer reajustar salários dos servidores do órgão em 13,5%

Coluna do Estadão

21 de abril de 2022 | 17h02

Uma decisão promete incendiar a já conturbada negociação do governo com o funcionalismo federal. A presidente do Tribunal de Contas da União, Ana Arraes, apresentou proposta para reajustar os salários dos servidores do órgão de controle em 13,5% a partir de agosto. Jair Bolsonaro está oferecendo um aumento de 5% aos empregados do Poder Executivo, inclusive policiais federais.

Ana Arraes, ministra do TCU, em seu gabinete em Brasília Divulgação/TCU – 2016

Em comunicado enviado a ministros do TCU, Ana Arraes afirma que o reajuste é para valorizar o quadro de servidores do órgão e que há espaço orçamentário para isso – leia-se dentro do teto de gastos do tribunal. “Destaco que a inflação crescente tem causado preocupante achatamento salarial”, afirma, ressaltando que a inflação saltou de 4,6% em 2020 para 10,06% em 2021.

A proposta depende de aprovação de um projeto de lei no Congresso.

Coluna do Estadão: Na mira de PT e 3ª via, PSD faz consultas internas sobre aliança no primeiro turno

Tudo o que sabemos sobre:

TCUAna Arraesreajuste servidores

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.