Líder do PMDB quer Renan Calheiros para presidência do partido

Líder do PMDB quer Renan Calheiros para presidência do partido

-

Luiza Pollo

15 de maio de 2016 | 07h30

renan

A ida de Romero Jucá para o Planejamento despertou cobiça pela presidência do PMDB, ocupada interinamente por ele. O assunto foi tema de reunião entre o líder do partido, Eunício Oliveira, Jucá e Renan Calheiros.

Eunício defendeu que a vaga seja dada a Renan, que não tem ministério no governo Temer e deixará a presidência do Senado em fevereiro de 2017. Seria uma forma de acomodá-lo. Até agora, Jucá se fez de desentendido.

Aliás, disposição de Romero Jucá para atuar no ministério, na presidência do PMDB e ainda ajudar na interlocução com o Senado já provoca críticas entre seus colegas na Casa.

O titular da vaga de presidente do PMDB é Michel Temer, mas o estatuto do partido impede que ele reassuma o comando da sigla porque ocupa a presidência da República.

 

 

Siga a Coluna do Estadão:
No Twitter: @colunadoestadao
No Facebook: www.facebook.com/colunadoestadao