Por sugestão de Lula, Jaques Wagner pode ir para Conselhão

Vera Rosa

14 de novembro de 2016 | 16h06

 

Foto: João Mattos/Brazil Photo Press

Foto: João Mattos/Brazil Photo Press

Convidado para assumir a Fundação Luís Eduardo Magalhães, em Salvador, o ex-ministro da Casa Civil Jaques Wagner dá sinais de que pode mudar de ideia. Wagner está sendo convencido pelo ex-presidente Lula a aceitar outro cargo, com mais holofotes. A tendência é que ele comande o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social do governo de Rui Costa (PT), na Bahia.

A “quarentena” do ex-poderoso auxiliar de Dilma Rousseff, que governou a Bahia de 2007 a 2014, terminou no último sábado. O petista já dirigiu outro Conselhão, quando era ministro de Relações Institucionais e fazia a coordenação política do governo Lula.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.