Por Previdência, governo deve mandar ainda nesta terça projeto para liberação de emendas

Por Previdência, governo deve mandar ainda nesta terça projeto para liberação de emendas

Marianna Holanda

06 de agosto de 2019 | 17h54

FOTO DIDA SAMPAIO/ESTADAO

O governo prometeu a líderes que envia à Câmara ainda no final da tarde desta terça-feira, 6, projeto que abre crédito suplementar. Com isso, os recursos previstos no projeto poderão ser usados para liberação de emendas.

Os deputados da base aliada aguardam o envio do projeto para votar o segundo turno da Previdência, que deve ocorrer nesta noite. A expectativa entre líderes é que o projeto fique entre R$ 2,5 bi e R$ 2,8 bi.

Ainda durante as negociações do primeiro turno da votação da PEC, foram prometidos R$ 2,5 bilhões em emendas para parlamentares que votassem a favor do texto. 

Só parte desses recursos foi destravado. Para o resto, é necessário que o Executivo peça autorização para o Congresso. Essa autorização vem via PLN, que chega ainda hoje.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: