Por causa da greve, Correios suspendem postagem de Sedex

Andreza Matais

22 Maio 2018 | 21h40

Os Correios suspenderam temporariamente as postagens das encomendas com dia e hora marcados (SEDEX 10, 12 e HOJE) por causa da greve dos caminhoneiros deflagrada em protesto aos sucessivos reajustes de combustível. A empresa também informa que haverá o acréscimo de dias no prazo de entrega dos serviços SEDEX e PAC, bem como das correspondências enquanto perdurarem os efeitos da paralisação.

A empresa entrega, mensalmente, cerca de meio bilhão de objetos postais, dentre eles, 25 milhões de encomendas. São mais de 25 mil veículos, 1.500 linhas terrestres e 11 linhas aéreas que circulam pelo país de norte a sul. “Os Correios estão acompanhando os índices operacionais de qualidade de toda essa cadeia logística e, tão logo a situação do tráfego nas rodovias retorne à normalidade, a empresa reforçará os processos operacionais para minimizar os impactos à população”, diz nota da empresa.