Por Amazônia, Flávio Dino vai buscar Mourão

Por Amazônia, Flávio Dino vai buscar Mourão

Coluna do Estadão

27 de dezembro de 2020 | 05h00

Flávio Dino. FOTO: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO

Uma das primeiras ações de Flávio Dino (PCdoB) à frente do Consórcio da Amazônia Legal será buscar uma aproximação com Hamilton Mourão. O governador do Maranhão diz ter um “excelente diálogo” com o vice-presidente e coordenador do Conselho da Amazônia. Dino acredita que, diante das resistências do governo federal em lidar com as pressões externas pela preservação, os Estados podem ajudar a restabelecer a confiança no cenário internacional. “Nossa participação pode significar uma convergência mais ampla”, afirmou.

Oi… Uma das metas de Dino é retomar o Fundo Amazônia, cujos repasses foram suspensos por Noruega e Alemanha em 2019.

…sumidos. Europeus e governo federal se desentenderam a respeito da gestão do fundo. Governadores já haviam tentado uma ponte com os países, via Ricardo Salles (Meio Ambiente), sem sucesso.

Sinais. Interlocutores de Mourão avaliam que a aproximação do Conselho da Amazônia com os Estados pode ser positiva. Mas admitem que reativar o fundo dependerá, primordialmente, de resultados na diminuição do desmatamento. O que, até agora, não há.

Como foi. Quando o conselho foi recriado, em fevereiro, o governo federal excluiu os governadores da região do colegiado.

Ajuda. Para Rodrigo Agostinho (PSB-SP), coordenador da Frente Parlamentar Ambientalista da Câmara, a estratégia de Dino é válida, mas os Estados também precisam de metas próprias e de resultados consistentes sobre preservação.

Gestão. Dino toma posse em janeiro. Ele foi eleito pelos governadores do consórcio (AC, AP, AM, MT, PA, RO, RR, TO e MA).

A pandemia… Depois de chamar o coronavírus de “gripezinha”, Jair Bolsonaro testou positivo em julho. Usou a doença para defender a cloroquina, mesmo sem eficácia comprovada.

…em ilustrações. Na época, mostrou que suas fases mais tranquilas tinham prazo de validade e continuou polemizando, mesmo doente. É famosa a tática do “morde-e-assopra” presidencial.

SINAIS PARTICULARES.
Jair Bolsonaro, presidente da República

Ilustração: Kleber Sales

Deixa… Na disputa pela presidência do Senado, o candidato de Davi Alcolumbre (DEM-AP), Rodrigo Pacheco (DEM-MG), não é tido como carta fora do baralho para a oposição.

…no radar. “É de perfil liberal na economia e nos costumes”, disse Randolfe Rodrigues (Rede-AP), líder da oposição. Mesmo o almoço de Pacheco com Bolsonaro e Alcolumbre não foi visto como motivo para veto.

‘Frente ampla’. Senadores de oposição começam a discutir na próxima semana possíveis apoios.

Tour. Na disputa pela presidência da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) e Marcelo Ramos (PL-AM) dão start na turnê pela busca de votos pela região Norte. Eles devem visitar Belém (PA) na primeira semana de janeiro.

CLICK. Prefeito de Salvador até o dia 31, ACM Neto foi à Igreja do Nosso Senhor do Bonfim com sua mulher, Mariana, agradecer por seus oito anos de mandato.

Reprodução/Instagram

Nos… O presidente da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), Eduardo Sanovicz, estima que o setor deve fechar o ano com 75% do tráfego doméstico restabelecido, em comparação com 2019.

…ares. A recuperação total deve ficar para junho, com expectativa de vacina e retomada dos eventos.

PRONTO, FALEI! 

Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Ethel Maciel, epidemiologista e professora da Ufes: “O Brasil tem o melhor Programa Nacional de Imunização e ficou para trás (com a covid-19). O SUS merecia um ministro que soubesse o que ele significa.”

COM REPORTAGEM DE MARIANNA HOLANDA (INTERINA) E MARIANA HAUBERT. 

Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadao

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.