Podemos quer Alvaro na presidência do Senado

Podemos quer Alvaro na presidência do Senado

Coluna do Estadão

06 Novembro 2018 | 05h30

Senador Alvaro Dias (Pode-PR). Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

A bancada do Podemos decidiu lançar a candidatura de Alvaro Dias para a presidência do Senado. Em reunião a portas fechadas na última quarta-feira, em Brasília, os senadores da legenda aprovaram por unanimidade a entrada do ex-presidenciável na disputa. Após o encontro, Alvaro gravou um vídeo de apoio ao presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), em que diz ter feito uma reflexão após as eleições e decidido não fazer oposição ao novo governo. “Temos de esquecer eventuais mágoas e ressentimentos e o que foi de confronto que fique no passado”, diz.

Cotado. Alvaro vem sendo procurado também por colegas de outros partidos, que lhe prometem votos. O Podemos terá, em 2019, apenas seis senadores.

Sinais. Licenciado do Senado, Alvaro diz, no vídeo, estar recluso por entender “ser tempo de falar menos, pensar mais e se preparar para o futuro que virá a partir de 1.° de janeiro”.

Quer tudo. Na Câmara, o Podemos também decidiu lançar Renata Abreu à presidência da Casa. A candidatura dela será oficializada em evento amanhã.

SINAIS PARTICULARES. Alvaro Dias, senador (Podemos-PR); por Kleber Sales.

Mais um. O PRB decide hoje se lança o deputado João Campos à presidência da Câmara. Ele já havia manifestado o desejo ao partido e ao próprio Bolsonaro, quando o visitou junto com a bancada evangélica.

Pedra no sapato. Aliados do DEM temem que o ministro da Casa Civil de Bolsonaro, Onyx Lorenzoni, seja um empecilho para a recondução de Rodrigo Maia à presidência da Câmara. A avaliação é de que ele queira reinar sozinho no partido, sem dividir os holofotes com Maia.

Meu time. Tucanos próximos a João Doria avaliaram o movimento dele de colocar o ministro Gilberto Kassab na Casa Civil do governo de São Paulo como estratégia para 2022. Doria, cujo vice é do DEM, aglomera agora o PSD de Kassab.

Tem para todos. Aliás, na reunião em que anunciou seu vice, Rodrigo Garcia, e Kassab como seus secretários, Doria garantiu ao PSDB que o partido também ocupará cargos relevantes, apesar de ter dado as secretarias mais importantes para legendas aliadas.

Cortando na carne. Devagar e discretamente, o Itamaraty já começou a fechar pequenas embaixadas criadas no governo Lula, como, por exemplo, a de Dominica, no Caribe. O plano é fechar 225 postos entre embaixadas e consulados. (A assessoria do Itamaraty informa: “225 é o total de Postos nossos no exterior e não o número que se pretende fechar. O enxugamento que este governo atual tem em mente é gradual. Concentraríamos em um único país do Caribe a representação em quatro ou cinco outros, que seriam desativadas”.)

Tesoura de ouro. Paulo Uebel, um dos indicados por Bolsonaro para a transição, é especialista em racionalização de gastos. Ao lado do secretário de Fazenda, Caio Megale, reduziu as despesas administrativas da Prefeitura de São Paulo em 2017 em 16,7%. Só com telefonia, reduziu 36%.

CLICK. Causou polêmica no evento da Associação Nacional de Procuradores da República, no fim de semana, o uso da palavra “membras” na Carta de Trancoso.

Reprodução.

Caso pensado. A diretora-secretária da ANPR, Caroline da Mata, justifica o uso do substantivo masculino no gênero feminino para “promover a inclusão”.

Apagando… O embaixador do Brasil em Londres, Fred Arruda, enviou carta ao The Guardian para rebater nota sobre a intervenção de juízes nas universidades.

…incêndio. Arruda, que foi um dos principais conselheiros de Michel Temer, disse que o Judiciário brasileiro é independente e que Bolsonaro afirmou compromisso com a Constituição.

PRONTO, FALEI!

Deputado Heráclito Fortes (DEM-PI). Foto: Dida Sampaio/Estadão

“A nomeação de Moro para a Justiça cria uma saia-justa para os parlamentares envolvidos na Lava Jato. Como será esta convivência?”, DO DEPUTADO FEDERAL, HERÁCLITO FORTES, sobre o juiz ser ministro.

COM REPORTAGEM DE JULIANA BRAGA. COLABOROU ELIANE CANTANHÊDE

Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadao