PMDB está dividido sobre manter direitos políticos de Dilma

PMDB está dividido sobre manter direitos políticos de Dilma

­

Coluna do Estadão

31 de agosto de 2016 | 12h49

Foto: André Dusek/Estadão

Foto: André Dusek/Estadão

Maior bancada do Senado, com 19 senadores, e partido do presidente em exercício Michel Temer,  o PMDB está dividido sobre como votar quanto a inabilitação da presidenta afastada Dilma Rousseff.

Um importante senador classificou de “complicado” ao ser perguntado pela Coluna a respeito da posição da bancada.

Desde o início da sessão, os senadores discutem a possibilidade de votar separadamente o impeachment e a perda dos direitos políticos de Dilma por oito anos.

O PSDB e o DEM, ao contrário, são enfáticos na posição contrária a desvincular as duas questões.

Tudo o que sabemos sobre:

impeachment

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.