Plano de Alckmin é eleger 85% das prefeituras em SP

Plano de Alckmin é eleger 85% das prefeituras em SP

­­

Coluna do Estadão

16 de agosto de 2016 | 05h00

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o candidato do PSDB na capital, João Doria. Foto: Felipe Rau/Estadão

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o candidato do PSDB na capital, João Doria. Foto: Felipe Rau/Estadão

A meta do Palácio dos Bandeirantes nas eleições municipais é vencer em 85% das cidades no Estado de São Paulo. O objetivo é que esse placar fortaleça Geraldo Alckmin na disputa dentro do PSDB sobre quem vai concorrer à presidência em 2018. A estratégia do grupo do tucano foi abrir mão, pela primeira vez, de lançar nomes próprios em troca de apoiar candidatos mais fortes de partidos aliados. O PMDB, porém, também vai à luta. A expectativa de poder gerada por Michel Temer anima a sigla a buscar mais prefeituras em SP. O PSD, de Gilberto Kassab, idem. A tripla aliança é nacional, não municipal.

Os tucanos também contam com a derrota do PT nas principais cidades governadas pelo partido em São Paulo. Em São Bernardo, o candidato do prefeito petista Luiz Marinho ainda não decolou.

Alckmin não quer ser comparado ao também presidenciável Aécio Neves, que, em 2014, não conseguiu eleger o governador de Minas Gerais.

Siga a Coluna do Estadão:
No Twitter: @colunadoestadao
No Facebook: www.facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

Sou mais eu

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.