Planalto vai pedir cargo de bancadas rebeldes

Planalto vai pedir cargo de bancadas rebeldes

.

Luiza Pollo

24 de fevereiro de 2017 | 05h00

Foto: André Dusek/Estadão

Foto: André Dusek/Estadão

O Palácio do Planalto vai devolver na mesma moeda as ameaças do vice-presidente da Câmara, Fabio Ramalho, de que a bancada mineira do PMDB vai romper com o governo por não ter nomeado um representante do Estado para o Ministério da Justiça. Interlocutores de Michel Temer dizem que vão pedir de volta os cargos controlados pela bancada. Daqui em diante, o Planalto vai inverter o jogo e punir os rebeldes. A nova estratégia visa evitar que as rebeliões prejudiquem as votações das Reformas da Previdência, Tributária e Trabalhista.

O PMDB de Minas tem, entre outros cargos, a presidência e algumas diretorias de Furnas. 

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

PlanaltoFábio Ramalho

Tendências: