Planalto sugere que aliados fechem questão em conjunto sobre Previdência

Leonel Rocha

04 de dezembro de 2017 | 21h49

Sinais Particulares: Michel Temer, presidente da República; por Kleber Sales

 

O Palácio do Planalto tenta convencer as bancadas do PMDB, PSD, PTB e PRB a fecharem questão pela reforma da Previdência.

O fechamento de questão, segundo líderes governistas, servirá como justificativa para blindar deputados que estão sendo pressionados por suas bases eleitorais para votar contra as mudanças nas aposentadorias e precisam de uma desculpa formal para se explicar aos eleitores.

Os presidentes de partidos aliados ao Planalto e líderes de bancadas governistas voltarão a Michel Temer amanhã para a primeira contagem de votos de deputados pró-reforma da Previdência.

Tucanos

O presidente do PSDB, Alberto Goldman, avisou ao presidente Michel Temer que precisa de um tempo para concluir uma negociação política na executiva do partido e junto à bancada de deputados para tentar fechar questão a favor da reforma previdenciária. Goldman defende a decisão e até já sugeriu a medida na executiva do partido.