Planalto perde domínio de conta @planalto, no Twitter, após trocar nomes para Agora

Planalto perde domínio de conta @planalto, no Twitter, após trocar nomes para Agora

Naira Trindade

12 de maio de 2017 | 17h08

O Palácio do Planalto perdeu o domínio da conta do Twitter @planalto ao trocar os nomes para Agora no Planalto, na mudança desta sexta-feira. A princípio, chegou-se a pensar que o governo era vítima de um ataque de hackers. Mas a equipe digital identificou se tratar apenas da perda do domínio. “Quem fez a troca se esqueceu de registrar o outro nome”, explicou uma fonte. A empresa responsável pelas redes sociais admite que houve um erro “grotesco” e trabalha neste momento para ter novamente a conta. A pessoa que se apossou da conta não segue nenhum perfil e já tem 610 seguidores. Ela posta piadas sobre o governo e aconselha o presidente Michel Temer a “exonerar a pessoa que se esqueceu de registrar o perfil antigo”, diz uma das primeiras publicações.

Numa estratégia ousada, o governo alterou nesta manhã os nomes contas das redes sociais. Foram criados quatro novos canais de que têm como primeiro nome a palavra“Agora”. A ideia é fazer com que as pessoas parem de remeter ao passado e pensem no momento que o País vive.

Pela manhã, enquanto Michel Temer participava de cerimônia sobre um ano de governo, os responsáveis pela equipe digital tentavam entender como um usuário fazia publicações com conta parecida com @planalto. No caso, ainda não era perda de domínio, mas o usuário havia registrado o perfil com um i maiúsculo no lugar da letra L: @planaIto. Esses desencontros ocorrem num dia em que ataques cibernéticos afetaram vários países. 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.