Planalto não gostou de declaração de chefe do GSI sobre segurança na Olimpíada

Planalto não gostou de declaração de chefe do GSI sobre segurança na Olimpíada

-

Luiza Pollo

16 de julho de 2016 | 06h00

BRA11.BRASILIA(BRASIL),15/07/2016.- El ministro jefe del Gabinete de Seguridad Institucional de la Presidencia brasileña, el general Sergio Etchegoyen, participa en una reunión con el presidente Temer hoy, viernes 15 de julio de 2016, en Brasilia (Brasil). El atentado del jueves en la ciudad francesa de Niza, que causó al menos 84 muertos, obliga a Brasil a

Sérgio Etchegoyen. Foto: EFE/Fernando Bizerra Jr.

A declaração de Sérgio Etchegoyen, chefe do GSI, de que o plano de segurança da Olimpíada precisa ser revisado, causou mal-estar no Planalto. A ordem é desfazer a impressão de que o projeto existente era falho.

Siga a Coluna do Estadão:
No Twitter: @colunadoestadao
No Facebook: www.facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

OlimpíadaSegurança

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.