Planalto apura sumiço de registro de visitante

Planalto apura sumiço de registro de visitante

-

Luiza Pollo

20 de maio de 2016 | 05h00

planalto-andre-dusek

Foto: André Dusek / Estadão

O governo está averiguando denúncia de que registros de entrada no Palácio do Planalto desapareceram. Assessores diretos do presidente em exercício, Michel Temer, foram avisados do sumiço de cadastros de políticos, empresários e outros frequentadores do Palácio. São informações que indicam dia, horário e quais gabinetes visitavam. O novo governo suspeita que os dados foram apagados, uma vez que reúnem informações valiosas sobre a gestão anterior de Dilma Rousseff. Não está descartada uma falha nos computadores.

Siga a Coluna do Estadão:
No Twitter: @colunadoestadao
No Facebook: www.facebook.com/colunadoestadao