PGR tem pressa no caso Aécio

PGR tem pressa no caso Aécio

Juliana Braga

30 Agosto 2018 | 14h26

Senador Aécio Neves (PSDB-MG). Foto: Dida Sampaio/Estadão

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu ontem que o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso publique logo o acórdão do julgamento no qual o plenário aceitou a denúncia contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG).

Leia aqui a íntegra do pedido:

A formalidade é necessária para que a PGR dar andamento ao processo e possa iniciar a instrução penal, ou seja, as investigações de fato. Somente depois da publicação do acórdão, por exemplo, a defesa do senador pode apresentar recurso.

LEIA TAMBÉM: Alckmin muda tática e agora vai bater no PT

Em sua manifestação, Dodge destaca que já se passaram quatro meses do julgamento. Aécio é candidato à Câmara dos Deputados.

Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadao