PF acaba de prender o último suposto terrorista alvo da Operação Hashtag

PF acaba de prender o último suposto terrorista alvo da Operação Hashtag

-

Andreza Matais

24 de julho de 2016 | 21h19

terrorista

Arquivo pessoal/Reprodução Facebook

Numa operação com a Polícia Militar do Mato Grosso, a Polícia Federal prendeu neste domingo o décimo segundo suposto terrorista alvo da Operação Hashtag. Ele estava foragido. Leonid el Kadre de Melo, de 32 anos, foi capturado na cidade de Comodoro, em Mato Grosso.

Ele não se entregou. Foi localizado pela PM de Mato Grosso na cidade que fica a 656 Km de Cuiabá. Leonid será ouvido e posteriormente encaminhado a um presídio federal.

Leonid mora em Vila Bela da Santíssima Trindade (MT). Ele já cumpriu pena de 18 anos e oito meses de prisão por homicídio e roubos qualificados. No seu perfil no Facebook, informa que é mecânico.

Os supostos terroristas são acusados de planejar ações de sabotagem para executar durante a Olimpíada do Rio de Janeiro.

A operação, deflagrada pela Polícia Federal quinta-feira, investiga a integração/promoção, por indivíduos brasileiros, na organização terrorista Estado Islâmico (EI).

Por meio de medidas como quebra de sigilo telefônico e de dados, autorizadas pelo Juízo da 14ª Vara Federal de Curitiba/PR, constatou-se a tentativa de organização do grupo para promoção de atos terroristas durante os Jogos Olímpicos Rio 2016. O contato entre os indivíduos dava-se essencialmente por meio de redes sociais, Telegram e demais modos de comunicação virtual, espaço no qual também divulgavam ideais extremistas e de perseguição religiosa, racial e de gênero.

Conforme evidenciou-se nas investigações, alguns indivíduos já haviam realizado o batismo ao Estado Islâmico (bayat), juramento de fidelidade exigido pela organização terrorista para o acolhimento de novos membros.

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.