Pesquisa mostra apoio às manifestações; metade concorda com críticas a Maia

Pesquisa mostra apoio às manifestações; metade concorda com críticas a Maia

Marianna Holanda

28 de maio de 2019 | 07h00

Foto: Dida Sampaio/Estadão

Pesquisa da consultoria

Documento

, a pedido da Coluna, indica que, por uma margem estreita, 47,4% dos brasileiros se dizem favoráveis às manifestações de domingo (contra 43,3%). Metade dos entrevistados (49,9%) defende os protestos que tiveram o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), como alvo.

A reforma da Previdência tem apoio de 45,5% dos entrevistados. O maior consenso se formou em torno da defesa do pacote anticrime: 64,7% afirmaram apoiar o principal projeto do ministro Sérgio Moro (Justiça).

O Atlas entrevistou 2 mil pessoas online, nos dias 26 e 27 de maio, via convites randomizados. O índice de confiança do levantamento, segundo a consultoria, é de 95% e a margem de erro é de 2%.

O Centrão, outro alvo dos atos de domingo, curiosamente foi menos consenso que as críticas ao presidente da Câmara. 42% das pessoas apoiaram pressionar o grupo, contra 39,9%. Uma pequena porcentagem defendeu o fechamento do Congresso pelas Forças Armadas (21,4%).

Tendências: