Pesquisa interna da terceira via mostra que Tebet deve evitar críticas a Bolsonaro e Lula

Pesquisa interna da terceira via mostra que Tebet deve evitar críticas a Bolsonaro e Lula

Julia Lindner

18 de maio de 2022 | 21h17

As pesquisas encomendadas por PSDB e MDB para escolher um candidato único da terceira via mostraram que não é negócio atacar os dois extremos. Ou seja, Lula e Bolsonaro. O levantamento mostrou que a população quer saber o que o candidato vai fazer para resolver a vida na prática. Por isso, Simone Tebet (MDB) foi aconselhada a reduzir as críticas a Bolsonaro e focar em se apresentar.

Simone Tebet

Foto: Dida Sampaio/ Estadão

Embora escolhida pelos líderes da terceira via, Tebet ainda terá de cumprir mais etapas para se consagrar candidata do grupo, avaliam tucanos. O principal deles é crescer nas pesquisas e mostrar que tem chances, além de superar obstáculos dentro do próprio MDB.

Um time do PSDB vai a São Paulo na próxima segunda ter uma conversa franca com João Doria e formalizar a decisão pelo nome de Tebet. Farão parte do grupo o presidente da sigla, Bruno Araújo, o senador Izalci Lucas (DF), e o líder na Câmara, Adolfo Viana (BA).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.