Peritos da PF defendem voto impresso nas urnas

Peritos da PF defendem voto impresso nas urnas

Luiza Pollo

09 Março 2018 | 05h30

Foto: Divulgação/TSE

Apesar da ação da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, para derrubar o voto impresso, a Associação dos Peritos Criminais Federais (APCF) decidiu levar ao ministro Luiz Fux (TSE) posicionamento favorável à adoção do sistema neste ano. A Corte Eleitoral determinou que, após o preenchimento da urna eletrônica, seja impresso um recibo para que o eleitor confira seu voto. “O sistema de votação não deve ser unicamente digital. Uma falha pode alterar o resultado e não há meios para conferir”, diz o presidente da APCF, Marcos Camargo.

Para somar. Camargo argumenta que o voto impresso dará maior segurança caso haja, por exemplo, necessidade de auditoria. “A urna eletrônica e o voto impresso não são excludentes, mas complementares.”

Rechecagem. Peritos criminais da PF e um estudante da Unicamp que identificaram pontos de vulnerabilidade nos testes de segurança da urna eletrônica vão repeti-los dias 7 e 8 de maio.

Acordo de… Numa tentativa de enfraquecer o principal adversário do prefeito ACM Neto (Salvador) na disputa ao governo da Bahia, o presidente do PP, Ciro Nogueira, convidou o vice-governador baiano, João Leão (PP), para ser ministro da Saúde. Porém, Leão resiste a abandonar o governador Rui Costa (PT).

…cavalheiros. A estratégia tenta acabar com a aliança PP-PT na Bahia. Assim, o Progressista fica livre para se unir ao DEM. O acordo prevê que Cacá Leão, filho do vice-governador, seja lançado à vaga de senador na chapa de Neto e o vice prefeito, Bruno Reis, troque o MDB pelo PP.

Relâmpago. O ministro Carlos Marun (Governo) fez questão de ir à convenção do DEM, que lançou Rodrigo Maia ao Planalto, mas, sem lugar à mesa, deixou rapidamente o local.

Decidiu. O ministro Alexandre Baldy marcou para quinta, 15, sua filiação ao PP. Se optar por ficar no Ministério das Cidades, vai lançar seu irmão, Joel Braga, à disputa de deputado federal.

SINAIS PARTICULARES. Alexandre Baldy, ministro das Cidades; por Kleber Sales

Em breve. A PF se prepara para cumprir ordem de prisão contra o ex-presidente Lula, prevista para início de abril, após julgamento dos recursos do TRF-4. Há preocupação com a segurança de Lula e dos policiais que cumprirão o mandado, já que devem haver mobilizações contrárias à prisão.

Acordo. Uma das ideias é combinar com a defesa para que Lula se apresente no local onde vai cumprir a pena. A PF também avalia possibilidade de pedir ao juiz que especifique não só o local, mas a quem os advogados devem entregá-lo.

CLICK. O deputado Carlos Gaguim (Pode-TO) levou oito garotas, as quais chamava de “gaguetes”, à convenção do DEM em Brasília. Elas usavam bonés de “Maia presidente”.

De jeito nenhum. Os senadores Otto Alencar (BA) e Lasier Martins (RS) avisaram ao presidente do PSD, Gilberto Kassab, que não admitem apoiar Henrique Meirelles ao Planalto, nem se o ministro da Fazenda migrar para o MDB para ser candidato do governo.

Tratado. O ministro Gustavo Rocha coordenará, na segunda, 12, a reunião que vai traçar estratégias do ObservaRIO para garantir direitos humanos à população do Rio de Janeiro durante a intervenção federal. Na quinta, 15, Rocha apresenta os acordos ao general Braga Netto, chefe da ação.

PRONTO, FALEI!

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

“Não exija dos amigos a homenagem do suicídio”, DO SENADOR E PRÉ-CANDIDATO AO GOVERNO DE GOIÁS (DEM), RONALDO CAIADO, sobre até onde vai manter seu apoio à candidatura do aliado democrata Rodrigo Maia à Presidência da República.

COM NAIRA TRINDADE (EDITORA INTERINA E REPORTAGEM DE LEONEL ROCHA.

Coluna do Estadão:
Twitter:
 @colunadoestadao
Facebook:
 facebook.com/colunadoestadao
Instagram:
 @colunadoestadão