Pauta verde ainda fora das eleições municipais

Pauta verde ainda fora das eleições municipais

Coluna do Estadão

14 de setembro de 2020 | 05h00

Estrada em Roraima. Foto: Rafael Arbex / ESTADÃO

No momento em que o debate ambiental e sustentável cresce no mundo e pressiona o Brasil, a pauta verde, por enquanto e infelizmente, está fora das prioridades da maior parte dos candidatos nas eleições deste ano. A avaliação de políticos e analistas é de que a pandemia da covid-19 intensificou a preocupação com problemas imediatos como saúde e diminuição da renda. Além disso, há a percepção de que a preservação do meio ambiente é responsabilidade do governo federal e que sua discussão deve ser feita no nível nacional e internacional.

No passado. “As pautas ambientais eram fortes em 2012, mas entraram em declínio quando o Brasil começou a ter uma recessão econômica. As pessoas trouxeram a discussão para um aspecto mais urgente”, afirma o sócio do Instituto Travessia, Bruno Soller.

Como é. Para o cientista político Creomar de Souza, os partidos não são estruturados em termos temáticos e têm a lógica de atender aos interesses do eleitorado nas situações de ocasião.

Alerta. Souza diz que, apesar dos temas urgentes, o diagnóstico é preocupante. “A maioria dos candidatos não consegue fazer a vinculação entre pauta ambiental e questões concretas, como saneamento básico e água tratada”, diz.

Vácuo. Soller explica que a defesa da pauta verde até pode ser usada para referendar o posicionamento político de um candidato, mas não encontra eco nas vontades dos eleitores.

Parado. Para o porta-voz da Rede, Pedro Ivo, a maioria dos partidos ainda pensa no “desenvolvimentismo pelo desenvolvimentismo”. “Eles ainda não incorporaram o desenvolvimento sustentável”, diz.

CLICK. O deputado Arthur Lira (PP-AL) participou do lançamento da candidatura de Davi Filho (PP) à prefeitura de Maceió. O vice dele será Emmanuel Fortes (PSL).

Réplica. Para o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), a vedação à reeleição para a presidência da Câmara e do Senado é uma disposição expressa pela Constituição e não um “entulho autoritário” do regime militar, como afirmou a senadora Rose de Freitas (Podemos-ES) em entrevista concedida ao Estadão.

Tentativa. A senadora é autora de uma PEC para permitir a reeleição dos presidentes das duas Casas.

O tempo… Fernando Henrique Cardoso será o entrevistado do Roda Viva especial (dia 28/09) em comemoração ao aniversário de 34 anos do programa da TV Cultura. Na bancada estarão ex-âncoras da atração jornalística, hoje comandada por Vera Magalhães, colunista do Estadão. Estão confirmados: Rodolpho Gamberini, que foi o primeiro apresentador do programa, Matinas Suzuki, Heródoto Barbeiro e Daniela Lima. Paulo Markun e Marília Gabriela enviarão perguntas gravadas. Eles receberão uma estatueta comemorativa.

…rodou. Para além da conjuntura, FHC foi convidado a ocupar o centro do Roda Viva porque é recordista em participações: será sua 14ª vez. A entrevista marcará o início do período de comemorações pelos 90 anos do ex-presidente.

SINAIS PARTICULARES.
Fernando Henrique Cardoso, ex-presidente da República

Ilustração: Kleber Sales

De olho. Na próxima quinta (17), o GRI Club Infra, formado por players do setor de infraestrutura, se reunirá virtualmente para discutir o futuro das agências reguladoras paulistas.

Pauta. O debate se dará em torno da reforma administrativa estadual que tem gerado temor pela insegurança jurídica nos contratos de concessão e impactos à independência decisória da Artesp e da Arsesp.

Correção. Foi publicado errado o título da Coluna de ontem (12/09). O correto é: Fux mantém controle sobre juiz das garantias.

BOMBOU NAS REDES!

Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Fausto Pinato, deputado federal (PP-SP): “Chegou a hora da reforma tributária. Conduzir ao mesmo tempo as duas reformas (administrativa também) me parece que ‘misturará as estações’, confundirá as decisões e nivelará por baixo o que poderíamos conseguir.”

COM ALBERTO BOMBIG E MARIANA HAUBERT. 

Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadao

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: