Parlamentares ainda na pressão por emendas

Parlamentares ainda na pressão por emendas

Coluna do Estadão

23 de dezembro de 2019 | 05h00

Congresso Nacional. FOTO: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO

No apagar das luzes deste conturbado 2019, parlamentares ainda cobram o Planalto para receber emendas ainda não quitadas. Segundo deputados, o governo prometeu que vai honrar o compromisso ainda esta semana. Falta ser pago cerca de R$ 1,4 bilhão a parlamentares pela aprovação da reforma da Previdência. O governo alega questões burocráticas: ministérios estariam com dificuldades na realização dos empenhos. Para cumprir o acordo, a máquina federal trabalhou até no fim de semana para agilizar os pagamentos até sexta-feira.

Cadê o meu? Como termina o primeiro ano de mandato sem ter montado uma base sólida de apoio no Congresso, Jair Bolsonaro teve de ser generoso na liberação das emendas, dizem líderes egressos de outras legislaturas e experimentados na festa do estica e puxa entre os Poderes.

Vai vendo. Só para se ter uma ideia, aos principais líderes das duas Casas foram prometidos R$ 100 milhões em emendas.

Ver para crer. Apesar de um certo otimismo natalino dos parlamentares, alguns afirmam que as emendas podem não ser totalmente quitadas este ano.

Pendura no cabide. Se isso acontecer, o governo terá de renegociá-las no ano que vem, com um novo Orçamento. Nesse caso, a questão só estará resolvida mesmo em março ou abril.

CLICK. Com 224 metros de altura, a Torre de TV de Brasília foi transformada em árvore de Natal na capital federal: 200 canhões de luz e 300 refletores de LED.

FOTO: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO

Fusão… Continua fluindo bem o diálogo entre o PSD de Gilberto Kassab e o DEM de Rodrigo Maia em torno de uma fusão. Os tucanos não têm sido convidados para as conversas.

…a caminho. No horizonte eleitoral brasileiro, o ex-ministro Kassab, hábil articulador político, enxerga a necessidade da formação de um partido de centro que tenha a magnitude do MDB em seus bons tempos.

Calma. O mais provável é que, se sair do plano das intenções, a fusão ocorrerá após a eleição de 2020.

Vem. O PSD negocia a filiação de dois senadores para fortalecer seu time rumo às eleições de 2022. Antonio Anastasia (PSDB-MG) e Vanderlan Cardoso (PP-GO) estão em conversas avançadas com o PSD.

SINAIS PARTICULARES 
Gilberto Kassab, ex-ministro e presidente do PSD

ILUSTRAÇÃO: KLEBER SALES/ESTADÃO

Data… A concessão do ginásio do Ibirapuera já tem cronograma aprovado pelo governador João Doria. O edital de oferta de um dos maiores e mais tradicionais complexos esportivos da capital paulista será publicado pelo Bandeirantes em abril de 2020, com apresentação das propostas prevista para agosto.

…marcada. O objetivo do governo de SP é conceder o ginásio e outros quatro espaços esportivos do conjunto por 35 anos à iniciativa privada, que deverá transformar o local em uma arena multiúso para 20 mil pessoas até 2025.

Cálculo. Segundo estimativa da multinacional GL events, São Paulo deixa de movimentar cerca de R$ 4 bilhões por ano por não contar com um centro de convenções para grandes congressos mundiais (científicos, políticos ou culturais) que atraem público entre 5 mil e 10 mil pessoas.

Prêmio. O gabinete do deputado Luiz Flávio Gomes (PSB-SP) ganhou o selo ISO 9001. Ele não é o primeiro. Em 2018, Márcio Alvino (PL-SP) também conquistou o certificado.

BOMBOU NAS REDES!

Marcelo Crivella. FOTO: ANDRÉ DUSEK/ESTADÃO

Marcelo Crivella, prefeito do Rio de Janeiro: “Presto minha solidariedade ao senador Flávio Bolsonaro pela grande perseguição que vem enfrentando. Mas a verdade sempre vai prevalecer.”

COM REPORTAGEM DE ALBERTO BOMBIG, MARIANA HAUBERT E MARIANNA HOLANDA

Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadao

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: