Parente não deve usar “corte linear” para reduzir gastos na Petrobrás

Parente não deve usar “corte linear” para reduzir gastos na Petrobrás

-

Luiza Pollo

10 de julho de 2016 | 05h15

BSB BRASÍLIA - 23/02/2012 - PEDRO PARENTE - ECONOMIA - O presidente da Bonge Internacional, Pedro Parente, fala com jornalistas após encontro com a presidente Dilma. Foto.: BETO BARATA/ AE

Foto: BETO BARATA/ AE

O presidente da Petrobrás, Pedro Parente, tem deixado claro que não pretende adotar o critério do “corte linear”, quando precisar reduzir gastos da empresa. Considera esse critério equivocado.

Parente acha que o critério premia quem era gastador e pune quem foi austero.

Siga a Coluna do Estadão:
No Twitter: @colunadoestadao
No Facebook: www.facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

Critérios

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.