Para Tarso Genro, prisão de Mantega foi ‘infâmia brutal’

Para Tarso Genro, prisão de Mantega foi ‘infâmia brutal’

­

Coluna do Estadão

23 de setembro de 2016 | 05h15

TARSO

O ex-governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT), criticou a prisão do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega na Operação Lava Jato. “Guido não é fugitivo. Não é clandestino. Foi um grande ministro. Se tem explicações a dar, tem que dar. Mas sua prisão foi uma infâmia brutal.”

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

Pronto falei

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.