Para rebater delações, políticos lotam redes sociais com vídeos contestando denúncias

Para rebater delações, políticos lotam redes sociais com vídeos contestando denúncias

.

Luiza Pollo

14 de abril de 2017 | 06h15

Foto: Eraldo Peres/AP

Foto: Eraldo Peres/AP

Os vídeos das delações têm causado tanto impacto negativo que políticos acusados correram para gravar suas explicações e exibi-las nas suas redes sociais. Michel Temer e Renan Calheiros gravaram vídeos e Lula deu entrevista para uma rádio na Bahia.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

Delação da Odebrecht

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.