Planalto avalia que OAB pediu impeachment para não perder protagonismo

Planalto avalia que OAB pediu impeachment para não perder protagonismo

.

Luiza Pollo

22 de maio de 2017 | 07h30

Claudio Lamachia, presidente da OAB. Foto: Gláucio Dettmar / CNJ

O Planalto avalia que a OAB decidiu tão rápido pelo impeachment para não perder protagonismo como no caso da ex-presidente Dilma Rousseff.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

OAB

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.