Para Huck, Tabata leva pedradas de quem ela ‘lustrou’ a imagem

Para Huck, Tabata leva pedradas de quem ela ‘lustrou’ a imagem

Coluna do Estadão

19 de julho de 2019 | 05h00

Luciano Huck. FOTO: GABRIELA BILO/ESTADÃO

O apresentador Luciano Huck vê deslealdade nos ataques a Tabata Amaral (PDT-SP). “Me assusta a forma desleal como a Tabata vem sendo tratada. Ela é apenas uma entre os muitos deputados e deputadas de partidos que publicamente assinaram compromissos com os movimentos cívicos pela independência de pautas, e as pedradas, de quem lustrou a própria imagem com a dela ao longo do último ciclo eleitoral, são todas direcionadas a ela”, disse à Coluna. Huck integra o movimento Agora e é nome lembrado para a disputa à Presidência.

Nomes. Ciro Gomes e Carlos Lupi, até bom pouco tempo sempre felizes em aparecer ao lado de Tabata, estão na linha de frente das críticas por ela ter votado pela reforma.

Virada. Para Huck, é preciso “que os partidos se renovem, que deixem de ser apenas agrupamentos ocasionais com interesses eleitorais, e tenham projetos, agendas e processos claros e modernos assim como os movimentos cívicos”.

Time. “Tabata, Rigoni, Poit, Kim, Mitraud, Calero, Lima, Joenia, entre outros, independentemente das suas crenças ideológicas ou bandeiras, são bons exemplos da capacidade dos movimentos cívicos de curar e encubar novas lideranças”, afirma Luciano Huck.

CLICK. O PSDB-Mulher e a fundação alemã Konrad Adenauer promoveram workshop preparativo para as eleições de 2020. Representantes de 23 Estados participaram.

FOTO: MAURO FILHO/PSDB-MULHER

Estamos… Entre as ações pelos 200 dias de governo Bolsonaro está a divulgação no Portal da Transparência dos 4,7 milhões de idosos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). A ideia é fortalecer o controle social para evitar fraudes.

…de olho. A CGU achou inconsistências por problemas cadastrais como sinalização de óbito, renda acima do permitido e recebimento de benefícios não acumuláveis. Geraram R$ 5,5 bilhões de prejuízo por ano.

Mudança… Mais do que injetar recursos na economia, o ministro Paulo Guedes espera mudar a cultura de associar os saques do FGTS à demissão.

…de paradigma. Dados do ministério mostram porcentual alto de trabalhadores demitidos e recontratados seis meses depois, o que sugere demissão apenas para ter acesso aos recursos.

SINAIS PARTICULARES
Paulo Guedes, ministro da Economia

ILUSTRAÇÃO: KLEBER SALES/ESTADÃO

Lições… Se forem levadas em consideração decisões anteriores, é possível projetar maioria contrária ao compartilhamento de dados detalhados do Coaf sem autorização judicial, conforme a liminar do ministro Dias Toffoli.

…da… Em 2016, os ministros Dias Toffoli, Gilmar Mendes e Luiz Fux aprovaram súmula vinculante no TSE considerando a prática ilícita. Com base nela, Rosa Weber, Edson Fachin e Marco Aurélio decidiram contrários ao envio das informações nessas condições.

…história. Na análise de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade, Celso de Mello e Marco Aurélio foram contrários a qualquer compartilhamento, inclusive de dados genéricos e globais. Com isso, já seriam 7 dos 11 ministros contrários.

Na agenda. O plenário ai analisar o assunto em novembro, quando o processo voltará à pauta do STF.

Eu, não! De passagem por Brasília, Newton Ishii, o aposentado Japonês da Federal, não perdeu a piada: “E acharam que eu era o problema (da Lava Jato)”.

BOMBOU NAS REDES!

Roberto Jefferson. FOTO: MARCOS ARCOVERDE/ESTADÃO

Roberto Jefferson, presidente nacional do PTB e ex-deputado: “Integrantes da Comissão de Relações Exteriores prometem levar fritadeira à sabatina para Eduardo Bolsonaro provar que sabe fazer hambúrguer.”

COM REPORTAGEM DE ALBERTO BOMBIG, JULIANA BRAGA E MARIANNA HOLANDA. COLABOROU RENATO ONOFRE

Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadao

Tendências: