Para entender como será a votação

Para entender como será a votação

­

Coluna do Estadão

31 de agosto de 2016 | 13h00

Foto: André Dusek/Estadão

Foto: André Dusek/Estadão

Para quem não entendeu como será a votação, uma tradução do que acontecerá nesta quarta-feira, 31:

Haverá duas votações. Na primeira, os senadores decidirão se Dilma Rousseff perderá ou não o cargo de presidente da República. Os crimes apontados pela acusação (pedaladas e emissão de decretos) estão todos contemplados nesta primeira votação.

A segunda votação trata da inabilitação para cargo público por oito anos. Ou seja, se ela ficar inabilitada, não pode disputar eleição, não pode concorrer a cargo público nem pode contratar com a administração pública até 2024.

Caso ela seja condenada (primeira pergunta), mas não seja inabilitada (segunda pergunta), ela pode, por exemplo, se candidatar em 2018.

Tanto para condená-la quanto para inabilitá-la, são necessários 54 votos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.