Para acalmar aliados, governo libera recursos

Para acalmar aliados, governo libera recursos

.

Luiza Pollo

07 de abril de 2017 | 05h30

Ilustração: Kleber Sales

Ilustração: Kleber Sales

Integrantes da base do governo reclamam que o Planalto demorou muito a perceber a insatisfação de seus aliados dentro do Congresso. Avaliam que foi preciso ameaçar derrubar as propostas de interesse do governo para que Michel Temer se convencesse de que precisa mudar a reforma e atender aos pedidos de recursos e de nomeações. O próprio Temer assumiu parte da articulação política, abrindo sua agenda para atender os parlamentares e vai agilizar o funcionamento do balcão de atendimentos para aprovar a reforma da Previdência.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

Michel TemerReforma da Previdência

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.