Paes perdeu em Maricá, qual chamou de ‘merda de lugar’

Paes perdeu em Maricá, qual chamou de ‘merda de lugar’

Naira Trindade

08 Outubro 2018 | 14h02

A cidade de Maricá (RJ), chamada de “merda de lugar” pelo ex-prefeito Eduardo Paes em conversa com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, se vingou do candidato ao governo do Rio de Janeiro nas urnas: Paes teve só 7.429 votos e ficou em quarto lugar no município, atrás de Wilson Witzel (24.133 votos), Marcia Tiburi (14.246) e Romário (12.223). Na cidade, Paes só ganhou de Tarcísio Motta, do PSOL, que teve 5.451.

Em meio à campanha, Eduardo Paes voltou a Maricá para pedir desculpas pela declaração. Em conversa telefônica com Lula, divulgada pela Polícia Federal em 2016, Paes afirmou que o ex-presidente tinha “alma de pobre” e comparou Atibaia (SP), onde fica um sítio que pertenceria a Lula ao municípios do Rio. “O senhor é uma alma de pobre. Eu, todo mundo que fala aqui no meio, eu falo o seguinte: imagina se fosse aqui no Rio esse sítio dele, não é em Petrópolis, não é em Itaipava. É como se fosse em Maricá. É uma merda de lugar, porra!”, disse o ex-prefeito a Lula. (Naira Trindade)