Oposição quer ‘catimbar’ discussão da reforma trabalhista ouvindo muitos especialistas

Oposição quer ‘catimbar’ discussão da reforma trabalhista ouvindo muitos especialistas

.

Luiza Pollo

19 de fevereiro de 2017 | 05h45

Foto: Zeca Ribeiro/Agência Câmara

Foto: Zeca Ribeiro/Agência Câmara

A oposição se esforça para atrasar a Reforma Trabalhista na Câmara. Em quatro requerimentos, Wadih Damous (PT) quer ouvir 16 representantes de entidades trabalhistas.

O Palácio do Planalto pediu ao relator da reforma na Câmara, deputado Rogério Marinho (PSDB), que encurte seu plano de trabalho para que a proposta seja aprovada no plenário até o final de abril. O tucano promete atender o governo.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

reforma trabalhista

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.