Novo Apex vai rever atos de “antecessor relâmpago”

Novo Apex vai rever atos de “antecessor relâmpago”

Juliana Braga

11 Janeiro 2019 | 08h30

Alex Carreiro, exonerado da Apex

Ao saber que Alex Carreiro se recusava a deixar a presidência da Apex após ser demitido pelo chanceler Ernesto Araújo, um importante auxiliar de Bolsonaro disse: “Isso é fácil de resolver. Só fica sentado se a gente quiser”. No fim da noite, Carreiro foi exonerado pelo Twitter. Ele durou uma semana no cargo.

Quando assumir a Apex, Mário Vilalva, escolhido por Ernesto Araújo para o posto, vai rever os atos do antecessor, Alex Carreiro. Será dada atenção especial às demissões e contratações, que foram o estopim da crise. (Juliana Braga)