No fim de festa, ministros faturam politicamente

No fim de festa, ministros faturam politicamente

-

Luiza Pollo

07 de maio de 2016 | 06h00

O ministro das Comunicações, André Figueiredo (PDT)

O ministro das Comunicações, André Figueiredo (PDT)

Com a iminente queda da presidente Dilma Rousseff, ministros estão aproveitando as ações de governo para faturar politicamente com suas bases eleitorais, enquanto é possível. O ministro das Comunicações, André Figueiredo (PDT), participou, na quinta-feira, da entrega de 486 moradias do Minha Casa, Minha Vida, em Itapipoca, no Ceará, seu Estado. O ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias (PT-MG), também esteve na entrega de casas em Uberaba e anunciou inauguração de uma agroindústria, em Montes Claros.

Embora não seja sua área, o ministro da Cultura, Juca Ferreira (PT), participou também de entrega de casas em Camaçari, na Bahia. Ele é pré-candidato petista à prefeitura de Salvador.

A ministra da Agricultura, Katia Abreu, conseguiu levar a presidente Dilma para participar da inauguração de sede da Embrapa Pesca e Aquicultura, em Palmas, no Tocantins, sua base eleitoral.

Siga a Coluna do Estadão:
No Twitter: @colunadoestadao
No Facebook: www.facebook.com/colunadoestadao