Nestor Forster minimiza declaração de Trump sobre Brasil: ‘Não tem impacto nenhum’

Nestor Forster minimiza declaração de Trump sobre Brasil: ‘Não tem impacto nenhum’

Marianna Holanda

05 de junho de 2020 | 19h41

O diplomata Nerstor Forster, indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para assumir a embaixada nos EUA Foto: Dida Sampaio/Estadão

Para o encarregado de negócios pela Embaixada do Brasil em Washington, Nestor Forster, o fato de Donald Trump ter citado o Brasil como mau exemplo de combate ao coronavírus não afeta as relações entre os dois países.

“Essa declaração não tem impacto nenhum, foi feita num momento específico”, respondeu à Coluna, após ser questionado se isso poderia afetar as relações com os EUA, em especial as relações comericais.

Negou também ter gerado qualquer possibilidade de mal estar – “de forma alguma” – e lembrou que os presidentes se falaram ao telefone, inclusive, recentemente.

“O fato é que ninguém no Brasil discorda que a situação é séria e está sendo enfrentada pelo governo federal”, completou o diplomata. “Estava mais querendo defender os Estados Unidos do que atacar quaisquer países”, disse, lembrando que Trump também citou a Suécia como mau exemplo.

Forster foi nomeado por Jair Bolsonaro para ser embaixador em Washington, após o presidente desistir de indicar o próprio filho Eduardo. O diplomata, que já atua na embaixada, aguarda chancela do plenário do Senado.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: