Moro amplia em 1.650% financiamento a projetos de reparação ambiental e ao consumidor

Moro amplia em 1.650% financiamento a projetos de reparação ambiental e ao consumidor

Juliana Braga

06 de junho de 2019 | 07h00

Foto: Alex Silva/Estadão

A gestão do ministro Sérgio Moro acelerou a aplicação dos recursos do FDD, fundo criado para reparar danos causados ao meio ambiente, ao consumidor, à ordem econômica e outros direitos difusos.

A Secretaria Nacional do Consumidor, comandada por Luciano Timm, já aprovou R$ 264 milhões em financiamento a 59 projetos em 2019. O valor é 1.650% maior do que o aplicado nos cinco anos anteriores: R$ 16 milhões a 53 projetos.

O Ibama, por exemplo, foi contemplado em três ações. Uma delas pretende estabelecer um modelo de avaliação de riscos para o uso de agrotóxicos no Brasil, para minimizar os efeitos negativos da sua aplicação ao meio ambiente e à saúde humana.

Também foram destinados recursos para parceria com o Banco Central com vistas a levar educação financeira de forma integrada às disciplinas obrigatórias nas escolas públicas do País. (Juliana Braga)

Tendências: