Miro Teixeira já discutiu fim dos programas eleitorais na TV com Renan

Miro Teixeira já discutiu fim dos programas eleitorais na TV com Renan

Coluna do Estadão

16 de outubro de 2016 | 15h45

Decano Miro Teixeira (Rede-RJ). Foto: Estadão

Decano Miro Teixeira (Rede-RJ). Foto: Estadão

 

 

O deputado federal Miro Teixeira (Rede-RJ) apresentou a proposta de remanejamento dos recursos de renúncia fiscal das tevês para o fundo eleitoral aos colegas Baleia Rossi (PMDB-SP), Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA) e o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Miro justifica que o horário eleitoral não é gratuito e o recurso dispensado nele poderia ser usado para a campanha. “Há uma renúncia fiscal e esse dinheiro poderia ser usado da maneira indicada.  É um caminho que acho que a população vai entender porque não está criando nenhuma despesa pública”, defendeu.

A Coluna do Estadão mostrou hoje que deputados levantaram essa saída para aumentar repasses ao fundo partidário e garantir mais recursos para financiamento público de campanha acabando com as inserções e os programas gratuitos de televisão ao longo dos quatro anos de mandato.

Assim, cerca de R$ 500 milhões, que hoje são gastos em renúncia fiscal das empresas televisivas, seriam remanejados e incorporados ao “fundo eleitoral”. (Naira Trindade)